Notícias

Sindipúblico questiona na justiça a participação de temporários na eleição da UEG

O Sindipúblico ingressou hoje (27) com uma Ação Civil Pública (ACP) questionando a possibilidade de servidores temporários da Universidade Estadual de Goiás (UEG), com contrato vencido, participarem da eleição para escolher o novo Reitor universidade.

A entidade acredita que a votação do processo eleitoral para a Reitoria deve ser realizada apenas por servidores efetivos, em virtude dos contratos vencidos, pois, essa situação não pode ser considerada como exercício regular para autorizar a participação.

Desejamos que o próximo Reitor eleito trabalhe em prol do crescimento e fortalecimento da UEG que é uma instituição séria que, há anos, contribui para a formação de milhares de cidadãos.

Fonte: Assessoria de Comunicação



Postado em 27/09/2019 Por Ana Luíza Carvalho