O presidente do SINDIPÚBLICO, Nylo Sergio, representou a categoria em série de reportagens no jornal O POPULAR publicadas neste domingo, 23, e segunda, 24, sobre os temas Previdência Social e folha de servidores, respectivamente. Na reportagem Uma Conta que Não Fecha, de domingo, o ponto de partida é o crescimento contínuo do déficit previdenciário no Estado de Goiás.

“Os maiores gargalos da Previdência do Estado são a pesada alíquota paga pelos servidores e os golpes e fraudes”, afirma o presidente da entidade na entrevista. Ele acrescenta que “muitos servidores estão se aposentando e a contratação de novos servidores não ocorre na mesma proporção”.

Na reportagem desta segunda, Despesa Cresce Mais que a Receita, o gasto com a folha de pagamento dos servidores públicos estaduais é o tema. O texto aponta que os gastos com a remuneração dos servidores cresceu 13, 2% no primeiro semestre de 2018, enquanto a arrecadação subiu 7,4%.

“Os servidores são responsáveis por fazer a máquina pública funcionar dia após dia”, diz Nylo Sergio aos esclarecer o papel da categoria na sociedade. Ele informa que parte da categoria tem sofrido com o parcelamento dos salários todos os meses, o que está comprometendo o orçamento familiar dos servidores. Há anos, destaca o presidente do SINDIPÚBLICO na entrevista ao POPULAR, o sindicato tem acionado o Estado na justiça pela aplicação de direitos como a data-base, garantido constitucionalmente.

Fonte: Assessoria de Comunicação do SINDIPÚBLICO | Ampli Comunicação